A criatividade e a produtividade estão diretamente relacionadas ao ambiente de trabalho. Afinal, o espaço físico faz parte da sua identidade e deve refletir a qualidade dos seus serviços. Um local bem planejado, limpo, confortável, dinâmico e capaz de estimular quem o frequenta diariamente pode fazer toda a diferença no processo criativo e aumentar o rendimento. Isso vale para todas as áreas, mas principalmente para aquelas que lidam com criação, como o design e até mesmo a redação.

Seja para compor o visual de um novo produto ou preparar um texto sobre ele, os profissionais precisam de um ambiente inspirador e muitas vezes com uma decoração divertida, dependendo da cultura da sua empresa, para serem estimulados. Assim você só vai extrair os melhores resultados da equipe.

Mais criativo, mais produtivo

Trabalhar não pode ser uma obrigação, precisa ser algo prazeroso. Ó-lhó-lhó! É para acordar todos os dias com vontade de ir para a empresa e ver sentido naquilo que está sendo feito. Nada melhor do que participar de um projeto e ter orgulho disso. Caso contrário, seus colaboradores vão se empenhar cada vez menos e produzir em menor escala. E a criatividade ficará de lado, num canto, até vir uma empresa ou uma startup que valoriza o trabalho deles. Afinal, já que passamos mais tempo no trabalho do que em casa, queremos ao menos nos sentir bem e felizes com o que fazemos.

Só há profissionais criativos em ambientes criativos. O segredo para transformar seu ambiente de trabalho em uma atmosfera que respire criatividade intensamente começa com uma simples ação. Para tornar os profissionais mais criativos, estimule-os a se comportarem tal e qual, criativamente.

Melhore todos os dias

Todos os dias ou todas as semanas, peça aos membros da sua equipe para anotarem o que aprenderam naquele dia ou naquela semana, pontos positivos e negativos, e o que podem fazer para melhorar. Após um certo tempo, vocês vão descobrir formas mais criativas e eficientes de trabalhar.

Incentive brainstorming

A cada projeto ou produto novo, encoraje equipes de diversas áreas a participarem, trazendo ideias. Uma forma criativa e interativa de fazer isso é separar uma cartolina branca, escrever o tema e distribuir post-its para que as pessoas possam colocar suas sugestões ali.

Dê um local para pensar

Às vezes sair da rotina ajuda na criação de novas ideias. Por isso, é bom ter um espaço na empresa com livros, fotos, jogos ou vídeos para que os profissionais possam ir e pensar “fora da caixa”. Mudar o ambiente de trabalho estimula a criatividade.

 Encoraje almoços produtivos

Almoços diários ou semanais com uma equipe de profissionais de determinada área podem render grandes ideias para projetos por toda a vida. Já pensou? E o encontro não precisa ficar restrito aos colaboradores da empresa. Pessoas de fora podem dar uma visão diferente e estimular a criatividade.

E o ambiente do trabalho?

O ambiente é determinante para a criatividade. A empresa deve estimular a interatividade e a troca de ideias, tornando o local de trabalho um lugar agradável. Por isso, nada de ambientes fechados e salas separadas. Divida bem as áreas. Use cores estimulantes. Se quiser colocar divisórias entre as mesas ou as salas para reuniões, opte por paredes de vidro interativas.

Dedique um espaço para concentração com puffs na hora do descanso e, se a cultura é um pouco mais descolada e a favor da inovação, por que não disponibilizar videogames, sinuca, fliperamas, pebolim. O local também pode ser bom para aquela pausa durante um “bloqueio criativo”. Fazer breves paradas é saudável e ainda ajuda a oxigenar o cérebro.

Enfim, áreas de lazer, de repouso ou espaços comunitários quebram a seriedade de um ambiente corporativo, mantêm as equipes confortáveis e estimulam interação e criatividade. Por falar em conforto, é importante investir também em bons equipamentos e cadeiras confortáveis.

Uma questão de cultura

Quem não gosta de um pouco de liberdade? Felizes as empresas que incentivam o livre-arbítrio, sem deixar de prezar pela responsabilidade. O horário flexível, a possibilidade de trabalhar de outros lugares ou até mesmo de casa (como home office) e as áreas de lazer, aliadas a um bom salário funcionam como mágica para reduzir o estresse, aumentar o nível de satisfação e incentivar mais criatividade, mais produtividade.

Metodologia aplicada às tarefas diárias e feedbacks constantes também podem fazer a diferença. Além de guiar a rotina das equipes, os profissionais se sentirão mais à vontade para fazer parte dos projetos da sua empresa, dar ideias, entrar em campo e vestir a camisa.

Cada um tem a sua maneira de encontrar concentração para estimular a criatividade. Há quem prefira seguir as metodologias ágeis como Scrum para melhorar a produtividade. Há quem prefira acompanhar a criação de uma forma mais palpável através de mapas mentais, colando post-its na parede. Há ainda aqueles que utilizam técnicas de concentração como o Pomodoro para gerenciamento do tempo ou o Focus@Will para músicas que ajudam a manter o foco.

Em síntese

Criar ambientes que valorizem tanto as características individuais como as coletivas são essenciais para estimular as mentes criativas a encontrarem o “seu jeito” de fazer as coisas, de quebrar paradigmas e de trazer inovação. Para trabalhar bem e produzir mais, é preciso estar à vontade no ambiente de trabalho, respeitando a cultura de cada empresa, mas sem deixar de valorizar os profissionais que fazem parte dela. Afinal, é lá que passamos a maior parte do nosso dia.